Notícias

Alex Pombo é prata e Diego Santos e Leandro Cunha ficam com bronze no Uzbequistão

Judocas brasileiros começam disputa do Grand Prix de Tashkent com três medalhas

GP Tashkent Alex Pombo podio
Atribua uma nota:

Começou nesta sexta-feira, dia 4, o Grand Prix de Tashkent, capital do Uzbequistão. Esta etapa do circuito mundial tem competições espalhadas por três dias, diferente do que normalmente ocorre. Neste primeiro dia, as categorias 48kg, 52kg, 60kg, 66kg e 73kg subiram aos tatames; e com quatro representantes, o Brasil conquistou três medalhas e um quinto lugar.

Na categoria até 73kg, Alex Pombo (Minas Tênis Clube/MG) voltou a chegar a decisão, como fez uma semana atrás no Cazaquistão. Após passar por Tabrezsho Parpishoev (TAJ), Odbayar Ganbaatar (MGL) e Tsagaanbaatar Khashbaatar (MGL), Alex acabou caindo para o atleta da casa, Mirali Sharipov, e ficou com a medalha de prata.

Entre os ligeiros (60kg), Diego Santos (Sogipa/RS) ficou de “stand by” na primeira fase e nas quartas de final passou por Bakhrom Inoyatov (UZB). Na semifinal, não conseguiu conter o ucraniano Hevorh Hevorhyan; porém voltou a vencer quando encarou Aziz Zuvaev pela disputa do bronze e ficou com a medalha. O mesmo destino teve Leandro Cunha (ADPM São José/SP), que garantiu seu lugar no pódio após não ter passado pelo esloveno Andraz Jereb. Na repescagem derrotou Oybek Ashurov (UZB) e Bakdaulet Sabitov (CAZ) para assegurar o pódio. Raquel Silva (52kg, Instituto Reação/RJ) debutou com vitória ante Olessya Kutsenko (CAZ) e foi às semifinais, onde encarou a atleta que acabaria sendo a campeã da categoria, a belga Ilse Heylen, e foi vencida. Na disputa do bronze, Raquel acabou sendo derrotada pela indiana Kalpana Devi Thoudam e ficando sem medalha após duas competições internacionais onde foi ao pódio.

Neste sábado, as categorias 57kg, 63kg, 70kg, 81kg e 90 kg vão aos tatames. Ketleyn Quadros (57kg, Minas Tênis Clube/MG), Mariana Barros (63kg, Palmeiras/Mogi/SP), Mariana Silva (63kg, EC Pinheiros/SP), Barbara Timo (70kg, CR Flamengo/RJ), Nádia Merli (70kg, EC Pinheiros/SP) e Eduardo Bettoni (90kg, Minas Tênis Clube/MG) são os representantes brasileiros nestas categorias.

“As expectativas estão boas. Estou confiante, treinei essa semana pra manter o trabalho que já venho fazendo, estudei novamente minhas adversarias e revi minhas lutas em Almaty. Agora é esquecer de certo modo a competição de semana passada e focar para mais essa etapa do circuito mundial, no Uzbequistão“, disse a campeã no GP de Almaty, Nádia Merli.

As fases preliminares começam à uma e meia (de Brasília) e o bloco final inicia às 9h. No domingo, as categorias 78kg, +78kg, 100kg e +100kg farão suas competições.

Galeria
Crédito: 1 de

Atribua uma nota:

Aguarde...